Notícias

Chile abre mercado para carne bovina brasileira

29/01/2019

Fresh and raw meat. Sirloin medallions steaks

O Ministério da Agricultura do Brasil fechou acordo com o Chile para exportar carne in natura e congelada produzido no Mato Grosso do Sul. O acordo foi firmado com o Departamento de Agricultura do Chile após inspeções que verificaram o trabalho na prevenção da febre aftosa. A informação foi divulgada nesta semana pelo site Global Meat News.

Em 2010, as autoridades chilenas adotaram medidas para evitar que a febre aftosa avançasse pelas fronteiras do Paraguai e da Bolívia, construindo uma rede de proteção que afetou o comércio com o Brasil.

As autoridades brasileiras disseram que o acordo representa uma conquista importante para a saúde animal e proteção da pecuária nacional. Além disso, beneficiará 12 municípios brasileiros. “As restrições à exportação de carne bovina in natura do Mato Grosso do Sul terminaram”, disse o vice-diretor do MAPA, Judi da Nóbrega. “A nova condição deve valorizar a pecuária da região e impulsionar o seu comércio.”

O Brasil concluiu uma série de aberturas de mercado no final de 2018, como a exportação de carne suína e bovina para a Rússia, bem como para a Arábia Saudita.